ed (1)
2 mar, 2017 // por Dienifer
Neste vídeo mostro como pinto meu cabelo sozinha e te dou dicas de algumas tintas ruivas

Depois de quase cinco anos sendo ruiva e recebendo diversas perguntas sobre como pinto, onde pinto, quanto custa por mês, como manter a cor, se estrega muito o fio, se desbota fácil, qual tinta uso etc, gravei um vídeo contando um pouco sobre a minha história e experiência nesse universo laranja.

O vídeo ficou longão (acostume-se, eu falo muito mesmo…) então decidi encerrar onde encerrei e trazer uma continuação em escrito. Até porque gravei sem roteiro algum porque queria que fosse o mais espontâneo possível, mas depois dessa de falar por uma hora (não me pergunte como consegui encurtar tanto!) prometo que vai ser raro a falta de roteiro nos meus vídeos hahaha. Mas bora lá para as perguntas:

Quanto custa manter o ruivo?

A cada dois ou três meses retoco a raiz, depende do quanto ela estiver me incomodando, isso me custa em média R$40 levando em consideração que um tubo de tinta é mais ou menos uns trinta reais e a ox uns dez reais. Porém, como vocês puderam ver no vídeo, eu usei duas tintas e duas oxigenadas isso só acontece quando eu quero mudar o tom (escurecer, clarear ou mudar a nuance), então é só duplicar os R$40.

Em relação à tonalizar, meu único gasto foi em dezembro de 2013 quando investi em um tonalizante que custou uns 100 reais, e já estamos em 2017 o potão de 1kg nem passou da metade ainda. Ou seja, é um ótimo custo x benefício. O meu tonalizante é o Garota Veneno da Lola Cosmetics, se não me engano, a marca não vende mais essa embalagem de 1kg 🙁 mas tem em versão menor.

Desbota muito fácil?

Isso vai depender muito da tinta que você usar e da base do seu cabelo. Por exemplo, como mostrei no vídeo, eu tenho metade do cabelo descolorido e isso é muito ruim pra fixar uma cor mais escura porque o pigmento vermelho não segura muito bem numa base assim.

Ruivo estraga o fio? 

Depende do que “estragar” significa pra você. Eu seria hipócrita em dizer que não, que seu cabelo não iria ressecar nenhum pouquinho porque isso não é verdade, cabelos estragam com qualquer procedimento químico, nem que seja só 1%, algo bem discreto. Pra mim, cabelo estragado é aquele emborrachado, sem brilho, duro de ressecamento, com pontas espigadas etc. Digo isso porque já passei por todos esses danos e, hoje, posso dizer que não, meu cabelo não sofre muitas agressões depois de pintar. Na verdade, o que acaba com o meu fio é a chapinha e não a tinta…

Se você for descolorir pra receber a tinta, te aconselho a cuidar muito bem do teu cabelo antes de fazer tudo isso porque, lá em 2015, antes de ir pra descoloração, meus fios estavam bem cuidados então não sofri tantos danos assim, o máximo foi ter aparecido algumas pontas duplas (o que uma tesoura resolve rapidinho, né?). Mas depois de descolorir, comece a dar mais valor ainda ao protetor térmico e ao cronograma capilar.

Tenha sempre em mente que: qualquer cabelo está disposto a danos se não receber o que precisa. Pode ser virgem, liso, cacheado, preto, loiro, ruivo ou colorido, todos eles precisam de cuidados! E o melhor a se fazer é investir em um cronograma que nada mais é que intercalar nutrição, hidratação e reconstrução na sua rotina de cuidados.

Quais tintas usar?

Existem muitas tintas boas por aí, e, o que funciona pra mim, talvez não funcione da mesma forma pra você. Vou listar aqui por número de nuvenzinhas todas as tintas que lembro ter usado, alguma delas vai servir pra você.

☁ ☁ ☁ ☁ ☁ Color Perfect, da Wella: De todas que já usei, é a que tem o melhor cheirinho (de química, claro, mas é um pouco mais agradável que as demais), não desbota tão rápido, não é tão cara, a ox não é tão cara (cerca de r$9), já usei as numerações 8.4 e 7.4

☁ ☁ ☁ ☁ Igora Royal, da Schwarzkopf: É uma das mais vendidas, tem um cheiro um pouco mais forte de química, não desbota tão rápido, é um pouquinho mais cara (cerca de r$32), a ox da mesma linha é um absurdo de cara (r$15) e é por isso que dei só 4 nuvens, e esse é o motivo pelo qual usei a ox da Color Perfect no vídeo, já usei as numerações 9-7, 8-77, 7-77, 6-77

☁ ☁ ☁ ☁  Koleston, da Wella: Essa me salvou quando erraram a cor do meu cabelo depois da descoloração no salão (deixaram um loiro gema nele, bem fantasia), então corri pra farmácia comprar alguma baratex que me salvasse e foi essa aí. Não sou fã de tintas de farmácia pra clarear tons porque comigo nunca clareia igual ao da caixinha, mas pra escurecer, como foi nesse caso, acho super válida! Dou 4 nuvens porque cumpriu com a função de neutralizar, escurecer meu cabelo e por já vir tudo dentro (luva, ox, tinta e uns creminhos reativador de cor, basicamente um tonalizante) embora tenha um cheiro muito forte e ruim de química e peque na hora de clarear tons devido a ox ser muito baixa, o que decepciona muita gente. Usei a numeração 674 e tem post aqui sobre esse dia loko.

☁ ☁ ☁ ☁ ☁ Alfaparf, da L’oréal: Maravilhosa! Eu usava ela quando ainda pintava o cabelo no salão e sempre ficava bem satisfeita, não lembro se desbotava muito rápido e também não sei ao certo quais numerações já usei, já que faz muito tempo e eu também não ficava perguntando ao cabeleireiro, mas vou deixar aqui as que acredito ter usado levando em consideração que nesse salão só era usado essa marca para ruivos. Acho que já usei as numerações 7.43, 8.43, 8.661, 8.64, 8.4, 8.66, 8.34

☁ ☁ ☁ ☁ ☁ Majirel, L’oréal: Também é super famosa entre as ruivas, não desbota tããão rápido e quando desbota fica sempre um tom lindo, não tem um cheiro muito ruim, já usei as numerações 6.64, 8.43, 7.40

Keune: Como contei no vídeo, tive uma experiência horrível com ela, tão traumática que nunca mais quis ver a marca na minha frente. Claro que o maior culpado disso tudo é o cabeleireiro que fez a burrada, mas mesmo assim ainda tenho medo dessa tinta. Usei a numeração 7.44

Onde se informar melhor sobre ruivos?

Os lugares que mais gosto de ver resenhas e tirar dúvidas são: o blog Desocupada É A Mãe que tem muitos posts com várias referências e tudo bem explicadinho, também gosto muito do grupo Amor Acobreado e sempre que eu precisava ver técnicas de pintura, corria pro youtube assistir vários vídeos, principalmente os da Nayara Rattacasso. Também te aconselho a conversar com algum cabeleireiro especializado em ruivos ou que ao menos entenda do assunto e faça uns bons trabalhos.

Acho que isso é tudo, se você tiver mais alguma dúvida, comenta aqui ou lá no youtube que vou te responder assim que eu ver! 😀


 

Deixe sua opinião

Seu email não será publicado.



*

Comentários no Facebook